X - SOBRE MEU AMIGO GIOVANI

Em todo tempo ama o amigo..." Rei Salomão

Vejo o tempo passando por você como aquele vento rebelde. O mesmo vento que vive esculpindo gravuras nas rochas, frente ao mar.
Minha alma se torna uma galeria de quadros, devidamente catalogada, em meu diário dos quase vinte anos em que você embeleza meu mundo.
O primeiro retrato é aquele do dia em que você, apressadamente, viu a luz pela vez primeira. Senti a sensação de estar possuído pelo poder do Criador Supremo. Eu me lembro, era noite. Mas para mim, era a mais ensolarada das manhãs.
O segundo quadro me arrebata pelo poder de sua rudeza. Vi tua lágrima que se misturou a minha. Cheguei da noite mais longa para te comunicar que , como prova de ser seu melhor amigo, era preciso que me exilasse de sua casa para jamais ter de me separar de você. Eu me lembro, era uma manhã de sol. Para mim, a mais sombria de todas as noites.
Terceira pintura. Os caminhos da liberdade. O menino vai a escola, caminha com os próprios pés e grita com a própria voz. Eu me lembro, era meio-dia, hora triunfal em que os pássaros, em algazarra, executam livremente suas acrobacias rumo ao espaço infinito.
Vejo você passando pelo tempo, amigo. Obrigado pelos tantos outros quadros que embelezam nossa galeria. A amizade que você tem com a Lu, o cuidado que você tem com seus irmãos Kauan e Giulia. Que belas também são as fotos ao lado de sua namorada! Queremos continuar pintando a vida a teu lado. Te amo filho!
(Para todos os pais e filhos que se amam)

Nenhum comentário: