LIX - SOBRE O BISPO QUE ABORTOU O AMOR


A respeito do bispo que

- ao invés de ter ficado do lado da inocência violada, teve a insensibilidade de optar pelo medievalismo-eclesiástico;
- ao invés de ter optado pela misericórdia, teve a insensatez de optar pela força da lei-inquisitorial,
- ao invés de ter defendido os direitos-humanos, aproveitou o oportunismo para se proteger no carreirismo-promissor-do-Vaticano
- ao invés de ter agregado irmãos-de-fé-camaradas, teve a arrogância de excomungá-los ;
- ao invés de se sentir gente-como-a-gente, se vingou por não poder gozar a dor-e-a- delícia-de-ser-um-pai-uma-mãe,

Deixo-lhe, em nome de milhões de excomungados-como-eu, uma reflexão do meu amigo Rubem Alves:

"A vida humana não se define biologicamente. Permanecemos humanos enquanto existe em nós a esperança da beleza e da alegria. Morta a possibilidade de sentir alegria ou gozar a beleza, o corpo se transforma numa casca de cigarra vazia."

(Para o Quinha e Alessandra que amam a vida, a beleza e um dia serão pai e mãe)



Saluti fratelli+



Carlos Alberto


Nenhum comentário: