LXIII- PÁSCOA CHEGANDO... (2)







Se, as ofensas que nos fizerem, forem gravadas no ar
E as coisas belas que nos dedicarem, forem cravadas no coração
Paz com páscoa!... Venha teu Reino, Senhor!

Se, passando em infernos da vida,
Pudermos experimentar um pouco de paraíso
Paz com páscoa!... Venha teu Reino, Senhor!

Se, em lares desagregados de amor,
agregarmos as marcas efetivas do afeto
Paz com páscoa!...Venha teu Reino, Senhor!

Se, à sombra da solidão-da-noite,
Reacendermos a luz da manhã
Paz com páscoa!...Venha teu Reino Senhor!

Se, sedentos de todo tipo de sede
Brindarmos a água da vida
Paz com páscoa!...Venha teu Reino, Senhor!

Se, vendo a paz-e-a- justiça se beijarem
Revivermos nossa paixão com fé
Paz com páscoa!...Venha teu Reino, Senhor!


Ao Zé Lima, que me ensinou a rimar teologia com poesia

Nenhum comentário: