XCV - ENTRE O DEUS TERRÍVEL E O DEUS DAS CRIANÇAS

Em letras garrafais vejo a manchete de primeira página: MEDO DE DEUS É CAUSA DE ESTRESSE NAS CRIANÇAS. O tema em epígrafe apresenta uma pesquisa realizada pela PUCCAMP com crianças que cursam as primeiras séries escolares.
A conclusão, devidamente comprovada, sempre foi alvo de minha suspeita: a visão de um Deus vingativo continua traumatizando seres humanos.

Das crianças entrevistadas, 75% apresentaram sinais de estresse relacionadas ao medo de Deus; nas outras 25% as causas de estresse ficaram distribuídas entre brigas na família, morte de pessoas queridas e separação dos pais.

Que Deus terrível!
Um Deus que não gosta de criança! Ora, quem não gosta de criança bom sujeito não é...Que Deus é esse? E como amar alguém de quem se tem medo? Prefiro a companhia dos poetas:
"Deus é alegria. Uma criança é alegria. Deus e uma criança têm isso em comum: ambos sabem que o universo é uma caixa de brinquedos. Deus vê o mundo com os olhos de uma criança.Está sempre à procura de companheiros para brincar".

Um Deus assim é fácil amar...


Nenhum comentário: