157 - SOBRE EQUILÍBRIO E BOM SENSO


A sabedoria dos textos sagrados é sempre um convite à moderação e ao bom senso.
Nem tanto ao céu, nem tanto à terra.
Veja o ensino de Salomão:
“Duas coisas te peço; não mas negues, antes que morra:
não me dês nem a pobreza nem a riqueza:
dá-me só o pão que me é necessário;
para que eu de farto não te negue, e diga: Quem é o Senhor?
ou, empobrecendo, não venha a furtar, e profane o nome de Deus”.
Veja os ditos de Jesus:

“Não peço que os tire do mundo mas que os livres do mal” “Sede mansos como as pombas e astutos como as serpentes”

Tudo a vê com minha modesta filosofia:
Bom e bobo começam com a mesma letra. Ao meu encontro vem Mário Quintana:

"Sê bom

Mas ao coração
prudência e cautela ajuntam.
Quem todo de mel se unta,
Os ursos o lamberão".

Nenhum comentário: