173 - SOBRE UMA AULA DE TEOLOGIA

Amanhã, sábado, leciono no curso de Teologia. Em sala de aula estarão 50 alunos, 50 universos, 50 verdades!
Minha disciplina: Cultura das grandes religiões no Brasil.
Pacífico que sou, terei a missão de mostrar que a teologia dogmática nos separa mas a teologia da beleza nos une.

“Amo a justiça porque, ao passar por seus limites, o mundo fica um deleite para os ohos... Como são belas as multidões que levam rosas nas mãos e canções nas suas bocas... Elas nos dizem da teimosia da vida, que não se assusta nem com dentes e nem com cascos, e continua a rir e a dançar...”

Prudente que sou, estarei armado dos belos ensinos dos monges medievais: “Si vis pacem, para bellum!” Se queres a paz, prepara-te para a guerra.

Afim de mostrar como nossas palavras sobre Deus não podem ser pretensiosas, terminarei minha aula com uma charada teológica:

"Se os bailarinos desempenharem seus papéis como tais, em poses estéticas, acompanhadas de belas sinfonias, merecerão os nossos aplausos. Porém, se tentarem fazer vôos acrobáticos, como se fossem pássaros, o riso e a ridicularização da plateia serão a sua mais algoz sentença.”

Nenhum comentário: