180 - SOBRE PERSONAGENS ESQUECIDAS


A história é feita pelos vencedores.
Às vezes isso acontece porque os vencedores não deixam os vencidos falar. Às vezes pelos vencidos-envergonhados silenciaram-se.
Os grandes editorialistas há tempos que tiveram essa sacada e, com fartas doses de alquimia, ficção, misticismo e um pouco de realismo, deixam seus bolsos pesados pesquisando a história de quem pouco-ou-quase-nada aparece na história oficial.
Pois bem! Vocês escritores e escritoras que escrevem sobre Maria Madalena, Santo Graal, Evangelho de Judas, Códigos da Vinci, que tal tirar dos porões da cultura estas grandes filósofas:

Aspásia de Mileto (470 – 410 a.C) – sofista, educadora, escritora que pertenceu ao circulo de elite de Atenas, hábil articuladora política de Péricles.
Hipárquia - aristocrata elogiada por Laércio que a comparava com Platão pela sua cultura, raciocínio e seus escritos.
Hipácia de Alexandria (415 - ? d. C.) – Filósofa que manteve acesa a chama do pensamento helênico em meio a lutas religiosas. Assassinada brutalmente por fanáticos religiosos.
Cristina de Pizan ( 1365 – 1461 d. C) – Escreveu “A Cidade das Mulheres” livro onde questiona a autoridade masculina dos grandes pensadores .

Caso escrevam sobre elas e ganhem dinheiro, lembrem-se de mim quando entrarem no paraíso!

Nenhum comentário: