181 - UMA TOCAIA PARA O PASTOR


Reverendo Reinaldo é um-quase-centenário! Teólogo, pastor-de-vidas, jornalista e escritor que sabe o que é sofrer. Portanto sabe também o que é viver.
Ser-humano, sábio que sempre foi, aprendeu com classe, driblar a morte com todos os seus disfarces.
Há alguns anos, amigos reunidos lhes prestavam homenagens: eu, Elias, Agenor, Oswaldo e Wesley. Todos "pastores-do-bem", admiradores de sua força física, mental e espiritual!
Em meio aos elogios sinceros-e-reverentes ao nosso amigo , eu fui a nota irreverente:
- Reverendo qual é o segredo do sucesso? Mandrágoras? Codornizes? Maná-do-céu?
Elias me admoestou profeticamente:
- Te cuida mano velho! Esse cara vai fazer o velório de nós cinco!!!
Passaram os tempos. Elias, Agenor e Oswaldo, cada um no seu dia, para o céu foi morar. Estamos vivos: eu , o Wesley e esse nosso decano que dribla o tempo.
Encontrei-o dia desses, lá no passeio público, lúcido e “cheio-de-alto-astral” como sempre. Estava coletando cenas do cotidiano para seu "jornal-da-saudade".
Contei o fato ao doutor Gerson, meu amigo da Associação Médica do Paraná. Ele me fez uma sintomática e apocalíptica pergunta:
- Por que você e o Wesley não preparam uma tocaia para o pastor???
(Para o próprio reverendo Reinaldo, nosso coração-valente).

Nenhum comentário: