222 - SOBRE UM DEUS QUE NÃO É NARCISISTA

O Deus do Jesus de Nazaré não é narcisista! Verdade que aprendi nos caminhos sagrados da vida...E não foi nos círculos herméticos das paróquias...
Como funcionário de Estado escuto sempre, em nosso ambiente de trabalho: “ O saco do chefe é o corrimão do sucesso”!!! Ditado-horrível-anti-estético-mas-real. Michel Foucault concorda e escreveu sobre isso na sua “Microfísica do Poder”. Mas Deus é diferente!
Como teólogo, aprendi que Deus não nos rege com um livro-caixa , contabilizando nossas dívidas e nossos créditos. Nem dízimo, nem pagamentos-de-promessas, nem novenas, centenas , dezenas ou milhares...A Deus não se paga nada. Tudo é dEle! Tudo vem dEle! Tudo volta para Ele. Eu, no que tange a pagar as dívidas a Deus, quero ser sempre devedor! Devo tudo a Ele, não nego nada, e não tenho intenções de pagar nada. Sua generosidade para comigo é infinita. Acho que para todos.
Mas tem gente que ainda não aprendeu. Vive de fazer salamaleques ao Criador pensando retribuí-Lo! Vive de carolices, principalmente em datas do calendário-litúrgico. Vive de apresentar relatórios sobre o número de preces que fez, repetições sagradas que fez, número-de-decibéis-dos-chiados que fez para Ele...
Acho que o Bom Deus não quer puxa-sacos! Repito que Deus não é narcisista! Ele quer gente que transubstancie em gestos concretos o bem, a bondade e a beleza. E isso tem que ser com leveza, brandura, paixão, gratuitamente... De preferência em silêncio...Como as violetas que são belas sendo discretas...
Coisas que aprendi com o Jesus de Nazaré.

Nenhum comentário: