423 - SOBRE NOSSAS BODAS DE ESTANHO E ESTANHEGER














Se o Amor de todo amor tem nos transbordado as taças
As demais coisas nos vão sendo destiladas
Como acontece há exatos dez anos de orvalhosas-manhãs
e noites-serenadas...
tempo em que estamos,
entre bodas de estanho-e-estanheger,
aprendendo a celebrindar
"o amor pra poder pulsar
e a paz
pra poder sorrir"...

Nenhum comentário: