363 - SOBRE O PASTOR DA INTOLERÂNCIA

Os retratos que tiramos de Deus são reflexos das lentes de nossos olhos, do nosso coração.
Vemos aquilo que somos, aquilo que amamos.
São Francisco de Assis, inspirado pela sua beleza interior, via Deus nos passarinhos voando nas asas dos ventos.
Torquemada, incendiado pelo fogo da intolerância, via Deus nas chamas da inquisição.
Este último retrato parece ser a expressão exata do pastor americano Terry Jones, que, cego pelo fanatismo religioso, quer incendiar o livro sagrado dos muçulmanos.
Em nome do amor, os olhos e os corações dos homens-e-mulheres-de-bem, no mundo todo, dar-lhe-ão melhor resposta pois:
A intolerância quer unanimidade
A bondade quer diversidade
Deus quer solidariedade.

Nenhum comentário: