373 - SOBRE PALHAÇOS NOS PALÁCIOS


Se o mundo é um grande palco, como querem os dramaturgos, parte do elenco é formada pelos grandes artistas do sacerdócio-do-poder.
A estes cabem incensar o mundo com seus sacrossantos-turíbulos cheios de promessas "quase-honestas".
A nós cidadãos-da-platéia cabe-nos, com nossa "santa-alergia-alegre", esperar as bufadas-ridentes dos palhaços.
Elas nos fazem espirrar nossos irreverentes “atchins” diante das fumaças-sisudas das hipocrisias-palacianas.
Portanto, deixemos os palhaços no palco! Eles nos confidenciam que os reis estão nus... E nós também!
Riamos pois!

Nenhum comentário: