375 - SOBRE UM AMIGO " MUI AMIGO"

Meu amigo Manuel Trindade é autor de algumas pérolas que sempre socializo para os professores.
Alguns exemplos:
- “A gente é pobre , porém singelo”.
- “Às vezes a gente está por baixo, às vezes eles estão por cima de nós”.
- “Não fui eu não!...foi sem querer”!
Seu bom humor associado à sua competência técnica e à sua lealdade me fizeram escolhê-lo e acolhê-lo como assessor de confiança máxima.
Semana passada, merecedor que era de férias vencidas, liberei-o para seus mistérios gozosos.
Ele, por sua vez, curtindo, nababescamente, seu lazer em Fernando de Noronha, com-ar-de-mui-amigo, em frente ao mar, sabendo que eu estava no trabalho, ligou-me a cobrar, com seu sotaque lusitano para me dizer o seguinte:
- Ei chefe! Estou em frente ao mar salgado...Bela paisagem...Camarãozinho...belas filhas-de-Eva por perto... Mas estou com uma dúvida que você pode resolver . Como estou a “fazeire” mais um pedido para o garçon e não sei “ pronunciaire” “corretamainte” o peixe que estou a “desejaire” , vou te “perguntaire”:
- É “badêjo” ou “ badéjo”... ???
Minha resposta calma-serena-e-tranquila: seu farizeu, jebuseu, fereseu vá plantar batata...

Nenhum comentário: