385 - SOBRE MÚSICAS SAGRADAS E MÚSICAS SACRÍLEGAS

É saber notório, não discutido, que os anjos no céu, diplomados na beleza-da-linguagem-musical, quando querem encantar o Criador, magistralmente tocam Bach, Mozart , Noel Rosa e João Côco do Riachão.
Para tal cenário sinfônico, o paraíso conta com grandes maestros que foram divinamente abduzidos para aquela dimensão.
Dessa inspirada lista-de-chamada constam infindáveis e indiscritíveis nomes que vão do A-de Anjo Gabriel, passando por B-de Baden Powell, C- de Cartola , D-de Dilermando Reis, ( ...) P- de Pixinguinha, (...) V - de Villa Lobos, (...), T- de Tom, Tonico e Tião, até o Z-de Zito, que é meu pai.
O que nem todos sabem, e que foi registrado de forma mística e cósmica, é que uma parte dos céus, desafinadamente se indispôs contra nossos divinos--maravilhosos-menestréis e se insurgiu contra as melodias do Criador , para formar uma facção-malévola contra as músicas-que-nos-fazem-bailar-ao-compasso-do-amor.
Inventaram as canções-horribilis-exibidas-no-Faustão, as músicas breganejas-tocadas-em-rodeios-que-maltratam-os-animais e as músicas gospelinas-que-tocam-em-programas-malacraias-da-TV . Foi daí que tiveram a idéia de fundar os infernos que atormentam nossos ouvidos.
Dizem os profetas que essas músicas são pecados-mortais-contra-a-humanidade-e-contra-a-divindade , constituindo-se em verdadeiros sacrilégios para os quais jamais terão salvação.
É o que dizem os oráculos celestiais. Valham-nos Gabriel e sua orquestra angelical!!!♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫
video

Nenhum comentário: