436 - SOBRE UMA HOMENAGEM NO NÍVER DE UM AMIGO

Caríssimo amigo de copo e de cruz
Dr. Marcos:
Ainda que tuas cãs teimem em mostrar
as cores das quartas-feiras-de-cinza em tua fina estampa,
apraza aos céus que você continue nos brindando com os carnavais da tua alegria
e com essa sua sincera amizade
que nunca precisou de máscaras nas avenidas da vida.
Uma taça de vinho em tua homenagem.
Deste teu admirador que é " simples porém singelo".
+ Salutti fratelli
Carlos Alberto

Carlos Alberto, Querido amigo
de tantos outros carnavais:
obrigado pela palavra de fraterna saudação.
Ergo a taça para receber seu brinde generoso
e digo com Mario Quintana, o velho gaúcho de língua afiada:
“Por mais raro que seja, ou mais antigo,
Só um vinho é deveras excelente:
Aquele que tu bebes calmamente
Com o teu mais velho e silencioso amigo...”
Abraços,
Marcos
(Dr. Marcos Alves da Silva, jurista, teólogo, poeta, torcedor do Paraná Clube ...amigo que quase nunca encontro mas, no entanto, sempre estamos afinados)

Nenhum comentário: