439 - SOBRE UMA ORAÇÃO SEM PALAVRAS


Não é um som solitário e sim um solo solidário
Em busca da sintonia de corações que sentem
as agonias do planeta
e pedem ao Grande Espírito
da terra, do fogo, da água e do ar
que essas dores não sejam em vão
Mas sim o gemer do parto de um porvir promissor...
(Variações sobre "Manhãs de carnaval" , de Luiz Bonfá e Antonio Maria)

Nenhum comentário: