452 - SOBRE ESPIRITUALIDADE

Sou um místico. Como tal me recuso a crer na brutalidade dos fatos como última ordem.

Acredito que, apesar dos políticos, o universo tem vocação para a felicidade.

Sou um místico. Não me encanto com aquela religião formatada em templos, cujos olhos se ofuscaram diante dos sinais dos tempos.

Cultivo minha vida espiritual longe daquelas verdades que infantilizam homens e mulheres de boa fé.

Meus rituais estão voltados para a gratuidade da vida: o encanto das águas, o voar acrobático do cuitelinho, o som do silêncio no meio do nada...

Minha espiritualidade tem a ver com a alquimia presente na ternura dos namorados, na alma dos poetas e na música das estrelas.

Sou avesso a dogmas. Acredito nos grandes mistérios do infinito: em Deus, no Amor e na Vida.

Afinal, os três não são UM SÓ ?

Nenhum comentário: